TEXTOS CLÁSSICOS
A COMPANHIA
A DIRECÇÃO
O ESPECTÁCULO
FORMATO
AVISO: Enquanto esta secção se constrói e desenvolve, procura e consulta o PDF do Dossier do espectáculo, “Bufones Clásicos Clásicos”.
Um espectáculo de criação colectiva. Ficha artística Actores: Beli Cáceres, Onio Díaz, Carlos Pereira, José Manuel Graça e Pepa Díaz-Meco. Dramaturgia e Encenação: Pepa Díaz-Meco. Guarda-Roupa: ExpresaMundo. A direcção Pepa Díaz-Meco é directora e pedagoga especializada em Teatro Gestual, com um percurso de mais de 30 anos, com companhias como “Ulen Spiegel”, “La Canapia” e a sua própria “Pepadasola”. Trabalhou em Londres com Philippe Gaulier, Cia. Complicité, Jos Huben, Jhon Wrait e grandes mestres do Teatro Gestual, como Pierre Biland e Monika Pagneaux, em Itália, com Mamadou Dioumé (Actor da Cia. de Peter Brook). Elaborou uma metodologia própria de criação, a que chamou, Teatro da Autenticidade. Desenvolveu a sua carreira e o seu trabalho fundamentalmente na Andaluzia, mas também noutras regiões de Espanha. Nos últimos anos trabalhou no Egipto, na Suécia, na Dinamarca e em Portugal.
A Companhia É um projecto formado pela união de várias companhias Teatrais e actores com um nexo comum: Todos criaram um espectáculo dirigido por Pepa Díaz-Meco, com a sua metodologia. Cada uma destas companhias tem a sua trajectória própria. São de diferentes locais de Espanha e de Portugal; Lunátika Atarazana da Andaluzia, Acho-te Graça de Lisboa e Pepadasola de Castilla- La Mancha. Um compêndio de impulsos e ideias de criação sob muitos e diferentes pontos de vista, baseados na expressão artística e na criação como um dos recursos mais ricos, com que o ser humano conta, para o seu desenvolvimento.
 Descarga el PDF para imprimir
O espectáculo É um espectáculo de criação, baseado no estilo de Bufão Clássico, quer isto dizer, o mais próximo à ideia e imagem que fazemos do Bufão. Aquele indivíduo, que vivendo na corte do rei, lhe era permitido poder dizer tudo o que a mais ninguém era. Mas, só podería fazê-lo se o rei ri-se. De outra forma, e caso não caísse nas suas graças, era a prisão que o esperava. Portanto, para se poder manter vivo, a sua inteligência tinha sempre que prevalecer. Interessa-nos o Bufão, porque ele é o espelho da sociedade. Vivemos um tempo onde também é difícil dizer abertamente tudo o que se pensa. Por isso, não encontramos melhor forma de poder dizer e contar tudo o que queremos. Esta é uma época onde o Bufão necessita um lugar!
Textos clássicos Neste espectáculo falamos do Teatro e das suas entranhas. E claro, dos clássicos. Escolhemos e selecionámos textos clássicos de diferentes épocas e nacionalidades. Textos que conhecemos bem e outros que nem tanto. O fio conductor do espectáculo, são os próprios textos, que se sucedem orgânicamente suportando a história. Através destas palavras e situações, vividas pelos nossos antepassados, vamo-nos aproximando à nossa história mais recente. Falamos de tudo o que se está a passar mas, sem dizer uma só palavra que se refira ao que realmente sucede. Porque não vamos ser nós quem conta, mas sim as palavras que surgiram nos sécs. IX, X, XV ou XIX.
Formato do espectáculo Actualmente, com todas as dificuldades que existem para poder apresentar um espectáculo à italiana, num Teatro, com o público tranquilamente sentado... Encantou-nos a ideia de procurar novas fórmulas e espaços cénicos. E, é por isso que a nossa proposta é contada e encenada, a partir de uma ou mais varandas. Tal como os presidentes, reis e dictadores faziam os seus discursos ao povo desde a varanda principal de uma câmara, uma palácio, ou outro qualquer importante edifício, nós vamos aparecer ao público numa varanda de uma casa qualquer. Melhor ainda, se esta fôr no centro urbano do local onde nos encontrar-mos. Assim, a grande maioria das pessoas que passem ou aqueles que venham propositadamente, fácilmente nos poderam ver. E aí nos vão encontrar, vociferando aos quatro ventos, palavras de outros tempos que “ecoam como punhos!” («...que dejan el eco de las verdades como puños!»)

QUEM
somos

Teatro da
AUTENTICIDADE

ProJectos TEATRAIS

Acesso ao
BLOG

Televisão
BUFONES

Informação de
CONTACTOS

ProJectos
SOCIAIS

Todos os direitos reservados  • Copyright 2022  |  Colectivo Companhias Teatrais Ibéricas